Skip to content

Mano e os detratores

segunda-feira, abril 23, 2007

Impensável, indizível, injusta e incorreta a especulação (ou seria desejo) sobre a saída de Mano Menezes do comando do Grêmio por conta das últimas atuações. Mano é da estirpe de treinadores que desgostam a imprensa e parte do público pela retidão e inteligência, do que o futebol mendiga e por isso chama a atenção. Acrescente-se ainda um comportamento altamente disciplinado e fundamentado em respeito e ética. Para muitos, isso é pouquíssimo importante, vale mesmo é o conhecimento que se tem sobre futebol — e Mano disso também dispõe. Completa a receita uma boa pitada de humildade, que, é fato, não faz mal a ninguém. Os detratores agem conforme uma visão pobre, a de que o futebol prescinde de tudo aquilo que não se veja refletido dentro das quatro linhas, sob a forma de esquemas táticos e resultados. Pois sou da opinião que nada na atividade humana é assim tão objetivo. Ouço de pessoa muito próxima a Mano que trata-se de ser humano formidável. De quebra, excepcional técnico.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: