Skip to content

Saudade: Tricolor

domingo, março 15, 2009

Mr. Shankly disse que o futebol é mais que uma questão de vida ou morte. Não sei exatamente se em termos práticos, mas concordo que é o “mais importante dos assuntos menos importantes”, e a distância torna tudo mais relevante. O futebol, para quem o ama, simboliza-se, quase sempre, no clube do coração, mas não apenas nele. Portanto é importante tê-lo por perto. Aqui tenho a Juve, o futebol rico da Europa, mas não o Grêmio, aquilo que realmente importa. Certamente me compreenderá qualquer um que tenha estado por vontade própria numa arquibancada, apoiando o clube amado. O estádio, muitas pessoas de talento já o teorizaram, é um espaço de simbiose e de fraternidade. Pasolini disse que o futebol é a “última representação sacra de nosso tempo”. Não me vem à mente nenhuma outra “cerimônia”, nenhum outro espaço em que as pessoas se sintam tão irmanadas, unidas. É comovente alçar os olhos da partida por um momento e ver quantas pessoas estão dividindo a mesma emoção. Isso serve para quase todos os times, em quase qualquer lugar no planeta. No meu caso, este lugar é o Olímpico, e o objeto da devoção é o Grêmio. Num momento importante como o atual, de Libertadores, é especialmente maléfico não estar lá, não poder ir ao olímpico com meu pai, encontrar amigos, ver o Grêmio jogar, gritar o seu nome. Não me refiro, evidentemente, somente ao jogo em si. Aqui joga-se também e muitas vezes de forma mais aprazível. Penso no sentimento, uma coisa estranha e indescritível se se pensa que falamos de um jogo de bola. O clube – para mim, o Grêmio – é a simbolização de algo maior. Representa um sentimento. E é isso, sobretudo, que faz falta.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. azul p&b permalink
    domingo, março 15, 2009 20:53

    O Grêmio é mesmo um sentimento que, como é cantado pela Geral, ‘nos faz amar’. A mais famosa das canções gremistas nos lembra de que sempre estaremos ‘com o Grêmio, onde o Grêmio estiver’, tão grande é nosso amor por ele. A ser verdade isso e se pudéssemos inverter essa lógica, poderíamos imaginar então, que o Grêmio também nos ama e que estará conosco, onde nós estivermos. Considere assim e não te sintas distante. Somos o Grêmio. Sempre estaremos juntos, onde quer que estejamos.
    Acreditando sempre, que ‘o Grêmio vai sair campeão’.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: