Skip to content

Patronos, pois sim

quinta-feira, setembro 6, 2007

Precisei do auxílio da mãos para segurar o queixo, tamanha a estupefação: Antônio Holdfeldt e Juremir Machado da Silva, o pseudo-intelectual mais pseudo-intelectual já lido e ouvido em nossas paragens, estão elencados entre os patronáveis da Feira do Livro de Porto Alegre. Sem maiores explanações — o que contrariaria minha nova postura, diria quase uma nova filosofia de vida —, sugiro apenas a reflexão se acaso não estaria a Feira confirmando, decidida e incontestavelmente, seu caráter pop-midiático já bastante visível? Ou seria mesmo uma piada de mau-gosto? Quem sabe estejam rareando bons homens de letras a quem conceder a distinção. Todas hipóteses tristes e pessimistas, sem dúvida. Nenhuma supera em ironia, no entanto, a cogitação (por efêmera que seja) de Juremir ocupar o lugar de Erico verissimo, Mario Quintana e Décio Freitas, por exemplo. Em favor desses, pode-se dizer, bastante premilinarmente, que tinham ao menos o comprometimento verdadeiro com as letras gaúchas, seu povo e sua história, além de óbvia relevância intelectual. Raciocínio cá comigo que, para os indicadores dos patronáveis, no futuro a idéia de coroar Paulo Coelho no evento porto-alegrense não seja lá tão descabida assim.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: