Skip to content

Contestação e simulacro

quarta-feira, junho 6, 2007

Da ocupação do prédio da reitoria da UFRGS por estudantes, desde ontem, fico a conjeturar se percebem o arremedo de manifestação que estão encenando. É preciso reconhecer que me solidarizo, já que em minhas veias corre sangue minimente militante, complementado por ânimo revoltado, a se entusiasmar interiormente com qualquer ato capaz de quebrar a monotonia dos protestos — desde que justos ou explicáveis. Mas tenho também o costume de, dado o contexto, projetar mentalmente o extremo oposto da situação, balizando prós e contras de acordo com a razão que me é disponível e, normalmente, chegando a opinião bastante pensada e invariavelmente complexa, numa posição intermediária na escala dos méritos das questões. Via de regra, essa graduação corresponde a ações pacíficas e estratégicas. O que me causa impressão nesse caso atual da reitoria é a total confusão ideológica dos manifestantes, verdadeiro simulacro daquilo que eles têm em mente. Pensam, creio eu, estarem em grandes atos contra a ditadura, nos quais a resposta (e, portanto, a razão de serem intransigentes) era a truculência da imbelicidade fardada. Em nossos tempos não se luta mais contra tal truculência e sim contra a apatia, o marasmo, a inércia negativa e a ignorância política (muitas vezes incentivada ou deliberada) que transformou a todos em meros balançadores de ombros. Who cares? O fato de estarem mobilizados — mais ainda: conseguirem definir algo por que se mobilizar —, a meu ver, dá a esses estudantes o mérito que eu e muitos dos que estão lendo estas linhas não têm. O problema segue sendo o foco e o irrefreável ímpeto juvenil de tentar resolver as coisas com barulho e truculência. Misturar questões tão diversas quanto a instalação de um restaurante universitário em campus desprovido do serviço e a reunião do G8 é atestar a inconseqüência e a intemperança. Toda a minha solidariedade aos espíritos verdadeiramente contestadores e politizados. Recomendo apenas um reexame da estratégia e das motivações.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: