Skip to content

Somos demais

sábado, maio 5, 2007

Nós, gaúchos, somos realmente imbatíveis. Acalentamos o sonho de que, em um dia aparentemente ainda distante, todo o Brasil varonil nos siga em desabalado júbilo e reconhecimento por nosso sábio viver e pensar. A governadora Yeda Crusius, representante máxima da sapiência meridional, promove talvez (eu disse talvez) a maior crise de início de governo do Rio Grande do Sul. E a demonstração ímpar da serenidade gaúcha é a mais mórbida e obediente quietude e resignação, ainda que orgulhosa de sermos o povo “mais culto” do país. O governo finge que nada acontece, a mídia comprometida se cala e conseguimos, no ápice da civilidade gaúcha, até mesmo murmurar insatisfação tímida ao ler o desastre nas páginas da Zero Hora, “voz dos gaúchos”, e dar de ombros. Fazer o quê? Somos demais.

Anúncios
9 Comentários leave one →
  1. Juliano permalink
    quinta-feira, maio 10, 2007 14:13

    Acho que o que a Veja faz não é mais jornalismo. Seguir o mesmo caminho seria a negação da civilidade. Não se trata de se posicionar, mas como defender a posição tendo em vista o antagonista. Procurando um bem maior, sempre – o que não parece, não parece mesmo, ser o intuito da Veja. Que, último detalhe, “posiciona-se” para nós, porque leitores mais desatentos continuam pensando se tratar de uma opinião “objetiva”. A estratégia da Veja não é reconhecer que tem um lado, mas dar a entender (para a grande maioria de leitores) que o lado que ela expõe é o correto porque é objetivo ou “razoável”.

  2. edu delamare permalink
    quinta-feira, maio 10, 2007 3:51

    Nao sei, Veri. Eu acho que a veja ja se assumiu faz tempo. Obviamente, eh parte de quem se posiciona achar que esta com a razao e a verdade (diria Foucault), mas soh nao percebe o posicionamente quem quer.

    Eu acho saudavel. Acho que mais meios deveriam seguir o mesmo caminho.

  3. Veri permalink
    terça-feira, maio 8, 2007 22:46

    E, além de não se assumir, a Veja é mau-caráter, ela usa de má fé. Ela sabe que muito do diz não existe.

  4. Veri permalink
    terça-feira, maio 8, 2007 22:11

    O problema é que a Veja não se assume como tucana. Ainda tem muita gente que pensa que a revista é “imparcial”.

    E a imprensa daqui é a mesma coisa.

    Repito: o problema não é ser direita ou esquerda, o problema é não se assumir. O problema é não ter contraponto.

  5. edu delamare permalink
    domingo, maio 6, 2007 17:21

    ” ja se deixou bem claro “

    remontei e nao revisei.

  6. Daniel permalink
    domingo, maio 6, 2007 2:59

    Tu não entende como o Bacci saiu. Já eu não entendo porque raios entrou, em primeiro lugar.

  7. edu delamare permalink
    sábado, maio 5, 2007 15:04

    Eh verdade mesmo. Eh engracado como a crise politica daqui nao ganha repercussao alem das radios AM e dos debates menores – como o nosso. Eu, por exemplo, to ate agora tentando entender a demissao do secretario da seguranca. Concordo que se fosse o PT, ja teriamos tres capas de Veja com a cara da Yeda envergonhada.

    Acho que isso soh escancara como nossa realidade politica eh uma grande piada de mau gosto. Nao existe saida.

    P.S.: So queria dizer que a Veja ja se deixou bem claro seu posicionamento pro-PSDB (que nao deixa de ser uma bosta). Portanto, considero que ela esta no direito de seguir sua analise parcial assumida.

  8. Daniel permalink
    sábado, maio 5, 2007 14:08

    Concordo, Jardel. Estou farto desse marketing gaúcho de se achar mais inteligente e culto. Está na hora de cair na real. O RS está falido. Aliás, já passou a hora de cairmos na real.

    Um contraponto à bela frase do Paulo Freire ali no canto. Hoje em dia, faz bem um homem que trata somente de reafirmar as velhas e esquecidas virtudes que o ser humano deveria ter.

    Chega de novidades, eu acho.

  9. Veri permalink
    sábado, maio 5, 2007 12:37

    Fico aqui a pensar com meus botões, o que diria a Zero Hora se tivesse acontecido o mesmo durante o governo Olívio?

    Denúncias no Banrisul e na área de segurança. Um secretário pede demissão, o outro é afastado.Isso sem falar no nosso vice.

    E o pampa vai virar “floresta de eucaliptos”…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: