Skip to content

Sugestão

quinta-feira, março 1, 2007

Nestes difíceis tempos de sanha colorada incontrolável, tenho uma humilde sugestão a fazer ao mundo, na ânsia de contentar esses famintos que agora, tardiamente, lambuzam-se com a glória. Mesmo falando pelo lado azul, estou em absoluta consonância com o sentimento de esquizofrenia epidêmica que instalou-se por aqui. Faço, assim, candidamente, minha proposta: apaguemos a história. Nada de grandes jogos, embates memoráveis entre as equipes européias e sul-americanas, lendas e tradição, jogos distantes e coração apertado em um único jogo como jamais esteve em temporadas inteiras. Esqueçam-se os grandes times, as surpresas, os favoritos. Não nos diz mais absolutamente nada a rivalidade Europa x América do Sul. Os grandes craques, nada. Os gigantes e aqueles que se agigantaram não mais existem: Real Madrid, Peñarol, Benfica, Santos, Internazionale, Racing, Estudiantes, Milan, Feyernoord, Nacional, Ajax, Independiente, Bayern, Boca Juniors, Olímpia, Flamengo, Grêmio, Juventus, River, Porto, Estrela Vermelha, Vélez, Borussia Dortmund e Manchester United. A grandeza do momento mais sublime na história de um clube de futebol não importa antes de 2005, quando a generosa FIFA concebeu o campeonato mundial de clubes. As quatro letras cintilam, atestam a Existência e nada mais tem sentido. Repita-se à exaustão as quatro letras mágicas, sem temor do ridículo e mesmo que isso descaracterize a verdade. Enxerguemos o próprio nariz, todos os outros são inimigos e inferiores. Só o inter é campeão do mundo FIFA — há, evidentemente, a companhia fraterna do São Paulo, e basta. Façamo-nos de cegos e de surdos, de ignorantes e robotizados. Duvidemos de tudo, de histórias de conquistas iguais ou maiores. Reescreva-se a história.

Anúncios
7 Comentários leave one →
  1. Daniel permalink
    segunda-feira, março 26, 2007 0:46

    E o jogo, sai ou não?

    Te mandei uma mensagem e nada.

    Falou.

  2. Carol Disegna permalink
    domingo, março 25, 2007 16:35

    =P

  3. Carol Disegna permalink
    quinta-feira, março 8, 2007 14:47

    =)

  4. Fernando permalink
    quinta-feira, março 8, 2007 0:09

    Aqueles lados nunca tiveram temor do ridículo. Perdem a chance de começar agora, quando debutam para mundo -que até então nem tinha noção de sua existência- uma história de grandeza.

  5. Daniel permalink
    terça-feira, março 6, 2007 0:40

    Calma Jardel, toma uma maracujina.

    Hehe.

  6. edu delamare permalink
    sexta-feira, março 2, 2007 18:50

    Quanto mais os gremistas se incomodarem com o rotulo (FIFA), mais cantos a torcida colorada vai entoar sobre o mesmo.

    O ultimo inclusive eh lindissimo, uma adaptacao de “can’t take my eyes off of you” do Frank Valley and the Four Seasons.

    Funcionava do mesmo jeito com o Gremio ate alguns meses atras. Nada deixava um colorado mais perturbado do que os cantos gremistas exaltando o CAMPEAO DO MUNDO.

    Enquanto os gremistas se sentirem incomodados com isso, declarem a mesa virada.

  7. Veri permalink
    sexta-feira, março 2, 2007 0:22

    Sinto uma dor de cotovelo no ar…

    Mas, sim, o Grêmio é campeão do mundo. Só faz tempo.

    Agora chegou a nossa vez!!! A flauta agora é nossa!! Paciência. Por enquanto façam o que nós fazíamos: sequem. Mas não vai adiantar.

    Beijão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: